top of page

O Aprendiz - Breviário Maçônico

31 de Janeiro - O Aprendiz



Maçonicamente, intitulava-se de Aprendiz aquele que pretendia ingressar nos mistérios da construção.

Hoje, Aprendiz é a passagem pelo Primeiro Grau, sucedendo-lhe o Companheiro para alcançar, finalmente, o Mestre.

Com falsa modéstia, há quem se intitule de “eterno Aprendiz” para demonstrar o seu desejo de aprender mais e mais; no entanto, o aprendizado não passa de uma primeira fase e, forçosamente, conduzirá ao companheirismo.

Na realidade, a vida nos ensina que constantemente estamos aprendendo alguma coisa; o Companheirismo aprende para ser Mestre, e esse, para desenvolver-se alcançando o misticismo, cumpre o que aprende.

O aprender é permanente; todo maçom deve conscientizar-se de que pouco sabe da Arte Real e esforça-se para adquirir conhecimentos, não como Aprendiz, mas como quem aspira a um lugar mais elevado.

A Iniciação pertence ao Primeiro Grau, logo, o verdadeiro iniciado é o Aprendiz; a elevação e a exaltação são complementos iniciáticos, apenas aperfeiçoamentos.

Essa perfeição é o que o maçom deve perseguir com pertinácia, e assim, obterá resultados surpreendentes.


Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino / Editora Madras

Comentários


bottom of page